Calcule o seu IMC

Sua altura (cm)

Seu peso (kg)

Otimize sua dieta, consulte o especialista

Clique e saiba mais

Receitas Saudáveis

Consulte o blog para ver dicas e receitas para o seu bem estar

Acesse o blog
Get Adobe Flash player

Os aspectos psicológicos no tratamento para emagrecer.

Ao iniciar o tratamento ortomolecular para emagrecer, é preciso saber o que está levando você a engordar.

A comida é válvula de escape para boa parte das pessoas ansiosas ou depressivas,  pois alguns alimentos parecem de fato ajudar a diminuir os sintomas da ansiedade.
 
Esse comportamento está vinculado ao mecanismo psicológico da compensação, quando o corpo, de alguma maneira, procura algo que lhe dê prazer para compensar algum conflito emocional.
 
Para aliviar a ansiedade uma das saídas mais efetivas  do ponto de vista psicológico, é aumentar o consumo de comidas saborosas, ricas em gorduras e açúcares.

Isso ocorre porque esses alimentos, indiretamente, provocam o aumento da produção da serotonina ou dopamina conhecidos como os hormônios do bem-estar.
 
Portanto, inconscientemente, ingerimos guloseimas quando estamos estressados para responder a um pedido do corpo por mais bem-estar.
 
Indivíduos com ansiedade prolongada também produzem duas a três vezes mais cortisol do que o normal e os estudos mostram que o tecido gorduroso na região da barriga tem receptores para o cortisol o que favorece o acúmulo de gordura nesta região.
 
Descobriu-se que se o organismo for privado subitamente de um alimento que lhe dava conforto responde da pior maneira possível.
Ocorre um estresse cerebral e o desencadeamento de uma reação exagerada e a pessoa torna-se vítima de uma crise de abstinência, semelhante à que acontece em casos de dependência de drogas.
O cérebro procura voltar ao seu padrão de comer alimentos saborosos.
Nestes casos, está envolvida a amígdala, uma estrutura do cérebro relacionada às emoções.

Mudar radicalmente de dieta, tirando de uma hora para outra os alimentos a que se está acostumado não é uma boa estratégia. Somos estimulados por todos os lados ao consumo destes alimentos  em um cotidiano gerador de estresses, ansiedades e compulsões pela comida.
 
Na ortomolecular o objetivo é analisar as causas dos desequilíbrios químicos que estão por trás dos sintomas como ansiedade, estresse, depressão, compulsão alimentar, comer noturno e outras que levam ao sobrepeso e equilibrar o organismo através de uma dieta adequada, do uso de suplementos e fitoterápicos quando necessário e com um trabalho psicológico que propõe uma reprogramação dos comportamentos, das formas de pensar e do controle emocional.

 

© Clínica Emagrecer | Aldeia