Calcule o seu IMC

Sua altura (cm)

Seu peso (kg)

Otimize sua dieta, consulte o especialista

Clique e saiba mais

Receitas Saudáveis

Consulte o blog para ver dicas e receitas para o seu bem estar

Acesse o blog
Get Adobe Flash player

As variações genéticas individuais afetam a maneira como as pessoas respondem aos alimentos e bebidas que consomem. Está cada vez mais claro que os nossos genes determinam nossas necessidades nutricionais.

A Nutrogenética avalia como a genética de cada indivíduo reage a nutrientes específicos e promove, eventualmente, distintos estados de saúde e doenças na pessoa. É possível modificar a expressão dos genes a nosso favor se nos alimentarmos corretamente.
 
Desses conhecimentos decorre portanto o conceito de Individualidade Bioquímica segundo o qual cada ser humano possui necessidades nutricionais únicas baseadas em seu perfil genético, estilo de vida e exposições ambientais e que o mesmo reage de maneira particular aos diferentes componentes da dieta.

Além dessa orientação personalizada preconiza-se um estilo de vida saudável com a diminuição do sal, do açúcar, das farinhas refinadas e das gorduras nocivas. Desestimula-se também o consumo de alimentos de alta densidade calórica e privilegia-se aqueles que são anti-inflamatórios e que contribuem para a saciedade e o emagrecimento saudável.

A falta de carboidratos na dieta e a baixa glicemia no sangue alteram a bioquímica cerebral, provocando uma redução dos níveis de neurotransmissores como a serotonina, dopamina e nor adrenalina responsáveis pela sensação de bem-estar, o que altera o centro da fome.

Mesmo que em alguns casos a perda de peso seja rápida, com certeza ela não será mantida e ainda existe o risco de levar o cliente à deficiência de algum nutriente importante.

A restrição incorreta de calorias e nutrientes pode acionar o gatilho do exagero e desencadear uma ação de defesa do organismo para restaurar o peso perdido.

Uma alimentação equilibrada vai contribuir para a produção de serotonina, que contribui para evitar a compulsão alimentar por doces.

Já a manutenção do peso é, amiúde, mais difícil do que o próprio processo de emagrecimento.

Não adianta fazer uma dieta eficaz para perda de peso por um período limitado.
O controle calórico da alimentação tem que ser permanente.
Se o hábito não for modificado o peso não será mantido.
Quando o paciente consegue manter o peso alcançado por um período maior que 24 meses dizemos que o tratamento resultou efetivo.

Por tudo isso, para a Ortomolecular os alimentos não são iguais na hora de emagrecer.

Os ácidos graxos monoinsaturados e outras gorduras saudáveis, o cálcio,as vitaminas, as proteínas, as fibras, as algas, os lactobacilos e outros nutrientes e suplementos fazem diferença quando o objetivo é o equilíbrio ortomolecular e o emagrecimento.

As etapas da dieta são: conscientização, gestão de relacionamentos, hábitos saudáveis e prevenção a recaídas.

PARA CONTATO CLIK AQUI

© Clínica Emagrecer | Aldeia